Dicas Antes de Solicitar um Empréstimo

Se você for pedir um empréstimo, não perca essas 7 dicas que você deve saber antes de solicitar um empréstimo pessoal.

7 dicas para empréstimos

Se você está lendo isso, é porque precisa de financiamento, seja para comprar um carro, para fazer reformas, para se casar ou para poder pagar por seus estudos.

O caso é que, por qualquer motivo que seja necessário um empréstimo pessoal, você deve ter em mente as seguintes recomendações.

É muito importante manter essas recomendações em mente, porque uma má escolha ao solicitar um crédito on-line pode causar problemas financeiros e ser muito mais caro do que o esperado

Na Financer, queremos ajudar, é por isso que destacamos estas dicas para facilitar o processo:

Mas antes de começar esse processo é recomendado que veja se seu score de crédito está bom, caso você esteja com o score baixo, vale a pena você comprar o Guia do Score Alto que te ensina como aumentar o score de forma bem simples, rápida e prática.

1 – Analise sua situação financeira

Antes de tudo, verifique se você realmente precisa processar a operação. Se você não precisar urgentemente do dinheiro, é possível que a economia possa obter o capital necessário. 

Nos casos, é importante que você conheça sua situação financeira. Calcule quanto dinheiro você gasta por mês e a renda que possui.

Analise quanto você paga em despesas obrigatórias, como hipotecas, alimentação, escolas, etc.

Analise também quanto você gasta em lazer.

Você pode reduzir os custos de lazer? Quanto você tem do seu salário se deduzir todas as despesas?

Tente deixar uma margem para os imprevistos.

Sempre há despesas inesperadas, deixe uma margem mensal para quando chegar a hora.

Não importa se essa margem é muito pequena, eventos imprevistos não acontecem todos os dias.

Essa análise não é fácil, mas você pode encontrar aplicativos gratuitos que podem ajudar.

Leia nosso guia completo para aprender como gerenciar suas finanças pessoais sem precisar pensar duas vezes.

2 – Analise a quantidade que você precisa e quando pode devolvê-la

Antes de solicitar um empréstimo, analise a quantia necessária e quando poderá reembolsá-la.

Não escolha um período de reembolso por um período maior do que o necessário; quanto mais tarde você o devolver, mais juros você pagará.

Também não é bom estabelecer um período de amortização muito apertado, pois podem ocorrer eventos imprevistos.

Defina o reembolso do empréstimo de acordo com sua renda, se você tiver problemas com esta decisão, entre em contato com um consultor financeiro ou a própria instituição financeira para orientá-lo.

Se for um lance temporário e você não precisar de muito dinheiro, poderá solicitar microcréditos cujo reembolso pode ser entre 7 e 60 dias.

Mas lembre-se de que as instituições financeiras não confirmarão o empréstimo se suas dívidas financeiras excederem mais de 30% de sua renda.

3 – Faça uma comparação

Faça uma comparação para encontrar a entidade que oferece o melhor interesse.

Compre os juros e comissões de cada credor. Olhe para a TAEG!

Pesquise todas as opções possíveis, desde empréstimos oferecidos pelo seu banco tradicional a empréstimos on-line

O mercado está cheio de entidades financeiras e cada uma oferece diferentes ofertas para atrair o cliente. Aproveite essas ofertas.

Muitas entidades promovem o primeiro empréstimo de graça, ou seja, sem juros, por que pagar em excesso!

Da mesma forma, é muito importante encontrar um empréstimo adequado às suas circunstâncias. Você está em Asnef? Você tem alguém que pode apoiá-lo? Você tem alguma propriedade em seu nome?

Analise quais condições você pode oferecer para saber que tipo de empréstimo você precisa.

4 – Economize para emergências econômicas futuras

Analise friamente a sua situação econômica: que prazeres econômicos você se permite e que prazeres econômicos você poderia suprimir?

Você não pode imaginar o que pode economizar em um dia.

No Financer.com, preparamos um guia para que você possa ter idéias sobre como cortar despesas.

5 – Você deve solicitar o empréstimo?

Seja honesto consigo mesmo e pergunte-se por que você precisa do empréstimo.

5. 2 – Não solicite um empréstimo para compras impulsivas:

Antes de comprar um produto, pense se é realmente necessário.

Uma dica que funciona muito é esperar 72 horas antes de fazer a compra.

Você precisou desse produto nessas 72 horas? Se a resposta for não, então esse produto provavelmente é apenas um capricho e não exatamente uma necessidade.

5.1 – Não solicite um empréstimo para pagar outro empréstimo:

Nesse caso, você entraria em um círculo vicioso e seria muito difícil sair.

Se a data do pagamento do empréstimo estiver se aproximando e você não tiver dinheiro para pagá-lo, entre em contato com o credor e informe-o sobre sua situação, solicite uma prorrogação do prazo do pagamento do empréstimo .

5.2 – Não solicite empréstimos para pagar saídas noturnas ou ocasiões especiais:

Suponha o que você tem e o que pode pagar. Levar um nível de vida mais alto do que você pode supor servirá apenas para viver em uma bolha.

Essa bolha estourará mais cedo ou mais tarde, e a realidade pode ser desastrosa.

5.3 – Não solicite um empréstimo para jogar em cassinos, caça-níqueis ou pôquer:

Esses jogos podem criar dependência; lembre-se de que são jogos destinados ao prazer e diversão, e não para ganhar dinheiro.

5.4 – Não solicite mais de um empréstimo por vez:

Não entre no círculo vicioso de solicitar um empréstimo a diferentes entidades; aguarde até pagar o que está pendente para solicitar o próximo.

5.5 – Não solicite um empréstimo se sua posição de trabalho estiver na corda bamba:

Se o trabalho for volátil e você não tiver uma renda mensal linear, tenha cuidado ao solicitar o empréstimo.

Se, por exemplo, você for autônomo, haverá meses em que você cobrará mais do que outros.

Nosso conselho é solicitar o empréstimo com o menor pagamento possível e salvar os meses com a maior renda.

Guarde o dinheiro em uma conta poupança  quando tiver menos ou imprevistos rendimentos.

6 – Leia as condições do contrato

Sempre leia os Termos e Condições do credor.

Embora pareça incrível, muitos usuários não leem as condições e, é claro, depois percebem que têm comissões ou condições extras que não podem atender

Sempre verifique os termos e condições de pagamento em caso de não pagamento ou atraso.

Entre em contato com a entidade e solicite todas as informações por escrito.

No Financer, você pode encontrar na descrição de cada entidade as condições e características de cada empresa.

7 – Cumprir as condições dos contratos

Planeje e gerencie bem seu dinheiro para poder pagar o empréstimo com a instituição financeira.

Cumpra as obrigações de reembolsar o empréstimo na data; caso contrário, seu histórico financeiro será afetado e você terá problemas para aplicativos futuros quando precisar de financiamento.

Não se atrase com os pagamentos ou você terá que pagar taxas de atraso bastante altas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *